Agência Imaginy

Papel do antifraude no e-commerce

Hackers podem invadir sistemas e conseguirem informações. Fraudes acontecem devido a vazamentos. As empresas que vendem pela internet estão expostas a tentativas de compras com cartões de créditos falsos ou clonados. O antifraude serve para auxiliar contra estes ataques, por isso deve ser bem programado e desenvolvido cautelosamente.

Diferente do mundo físico, onde as compras e pagamentos são concretizados apenas depois da senha ser colocada, na internet é preciso digitar o código de verificação (CVV), com 3 números. Só que mesmo assim os criminosos podem ter acesso a este número e concretizarem compras, caso o sistema antifraude não seja bom o suficiente para identificar a ação.

O que é antifraude?

O antifraude é um sistema bloqueador contra dados falsos utilizados na tentativa de compras online. O objetivo é identificar ações fraudulentas. Na maioria das vezes funciona por meio de comparativo, analisando padrões suspeitos. Alguns lojistas pensam que não são necessários, já que vendem produtos baratos, mas não é bem assim.

Prevenção é importante

Os lojistas que vendem online devem tomar todas as precauções possíveis. Caso alguma compra ilegal seja efetuada, os criminosos terão certeza de que o cartão falso funciona e poderão aplicar golpes em outras empresas. O seu comércio ficaria com fama ruim, de ter aberto as portas para os fraudadores.

Como antifraude funciona?

Automaticamente diversas validações são feitas com os dados enviados no momento da tentativa de pagamento. Os procedimento variam conforme a programação utilizada no sistema. Na maioria das vezes seguem a análise automática, conferindo informações desde o carrinho de compras até o site vendedor.

O sistema buscará o perfil nas redes sociais do comprador, o valor da compra e o perfil consumidor que está tentando fazer o pagamento. Se não existir nenhuma contradição, será liberado e caso contrário negado. O antifraude deverá ser preciso, fazendo rapidamente este cruzamento de dados.

Saldo disponível

É comum que os antifraudes analisem o saldo do cartão de crédito usado para fazer o pagamento. É o procedimento chamado de reserva de saldo. É uma forma de garantir que o pagamento será feito, evitando prejuízos para os lojistas que vendem pela internet. Em alguns casos a compra pode ser inicialmente aprovada e depois cancelada.

Segurança para os usuários

O acesso ao e-commerce deve ser facilitado, até mesmo com o Login Social, mas a segurança deste sistema deve ser forte. Se for algo simples, é capaz dos clientes desistirem das compras com medo de terem seus dados roubados. O antifraude traz segurança para os compradores e para os vendedores. Esse sistema serve para eliminar de vez a antiga imagem da internet, de que fazer compras era perigoso.

Garanta o melhor serviço de e-commerce

É preciso que o e-commerce seja bem desenvolvido para que os usuários não desistam de fazer compras no seu site. Com o antifraude de forma certa, os negócios tendem a crescer. A Imaginy é especialista neste assunto e pode lhe ajudar nesta questão. Confira os nossos cases ou então solicite um orçamento.