Agência Imaginy

5 motivos para não criar sites em Flash

Com o avanço dos aparelhos móveis, como os smartphones e tablets, ou mesmo com a internet das coisas, que permitirá a conexão através de diferentes dispositivos, o Flash caiu em desuso. Acontece que para funcionar é necessário de plug-in, que nem sempre está instalado na máquina do usuário. Existem mais motivos para deixar de lado este sistema.

O que é flash?

O Adobe Flash Player é um sistema de mídia lançado em 1996. É considerado um reprodutor de multimídia, bastante utilizado na criação de sites, mas vem causando cada vez mais problemas. O sistema se mostra algumas vezes instável, inclusive não permitindo que a Apple utilize em seus produtos. O Flash Player vem perdendo força, principalmente para o HTML5.

1 – Não pega em smartphones

Hoje boa parte da população acessa a internet pelos celulares, só que o Flash Player não funciona nestes aparelhos. Isso pode ainda trazer penalidades do Google, pelo site não rodar em tecnologia mobile.

2 – Necessita de plug-in

Um dos maiores problemas do Flash Player em relação aos concorrentes é a necessidade de plug-in para funcionar. Isso acontece principalmente em sites de jogos, onde o usuário precisa instalar um programa para que o site abra. Isso fará você perder acessos de pessoas que irão para sites concorrentes.

3 – Flash e falta de qualidade

O Flash Player é associado a falta de qualidade nos sites. Algumas empresas tentam desenvolver nesta plataforma, aplicando animações e efeitos, para compensar a falta de informações necessárias. É melhor investir em qualidade no momento da criação do que ter problemas depois. Não adianta ter um site e ninguém acessar.

4 – Google

O Google continua sendo o grande responsável pelas navegações na internet. Dificilmente alguém vai digitar www e o nome do seu site diretamente, as pessoas vão procurar no Google. Mas, este famoso buscador não faz uma boa indexação do Flash e para que fique legal, o investimento será alto.

5 – Dificuldades para o usuário

Os sites em Flash são confusos para os usuários. Na maioria das vezes as pessoas serão levadas para a Home Page, e não para o local que estavam procurando. Alguns desistem da pesquisa, gerando menos cliques.

Como substituir o Flash?

Não é de hoje que se discute sobre tecnologias que podem substituir o Flash Player nos sites. Aparecem como melhores alternativas o CSS3, uma linguagem fácil de aplicar e moderna, o JavaScript segue sendo popular, funcionando sem nenhum outro programa instalado na máquina, além do HTML5, que permite a indexação de vídeos e áudios em sites sem plug-in. Estas opções ajudam ainda na questão do SEO.

E como criar um site corretamente?

Se você está pensando em criar um site para a sua empresa e ganhar força contra a concorrência, a Imaginy pode te ajudar. Sabemos como montar um site atrativo e de fácil acessibilidade. Fale conosco ou então solicite um orçamento sem compromisso. Não perca mais tempo e modernize o seu negócio.