Agência Imaginy

Aprenda utilizar a tag Hreflang

Tag hreflang é um sistema que ajuda o Google a organizar as suas páginas para usuários do mundo todo. Serve para confirmar os países que devem ser exibidas e quais os idiomas originais.  É importante para quem possui sites em inglês dos Estados Unidos e inglês do Reino Unido, por exemplo. Com a tag hreflang é possível traduzir o conteúdo para idiomas do mundo inteiro, apenas com alguns comandos.

O que é a tag hreflang?

A tag hreflang serve para indicar ao Google sobre as configurações de idioma sobre determinado conteúdo publicado na internet. A tag hreflang pode ser aplicada por três maneiras: via HTML nas páginas, com o cabeçalho HTTP com resposta GET e no sitemap de idiomas.

Aplicando pelo HTML das páginas

Para que a configuração de todas as páginas envolvidas seja feita de maneira correta, elas devem estar dentro do código <head>. Em cada uma das páginas deve ter a seguinte linha de código:

<link rel=”alternate” href=”https://exemplo.com/portugues-brasil/” hreflang=”pt-br” />

No fim do código existem informações sobre o idioma e o país, se preferir não segmentar, basta excluir. Neste caso o BR. Poderá colocar uma “tag default”, que servirá para indicar o conteúdo exibido aos usuários sem um idioma configurado e que não se adequam nas outras opções:

<link rel=”alternate” href=”https://exemplo.com/portugues-brasil/” hreflang=”x-default” />

A ferramenta The hreflang Tags Genarator Tool serve para auxiliar nesta tarefa, mas não se esqueça de colocar a URL e idioma default. Se o sistema utilizado for WordPress, o HREFLANG Tags Lite ajuda a configurar.

Aplicando pelo sitemap

A longo prazo poderá ser trabalhoso inserir a hreflang em HTML das páginas, prejudicando o carregamento. Assim, a ferramenta Hreflang Sitemap Tool é indicada para transformar planilhas. Primeiro crie uma planilha no Excel, depois faça o download no formato CSV e envie para a ferramenta, então receberá o sitemap para cada um dos idiomas.

Se você possui um único site com vários idiomas, poderá utilizar um arquivo que reúne todos os idiomas, acrescentando: site.com/sitemap-geral.xml. Mas, se os sites forem separados por idiomas, o melhor é colocar a ferramenta no servidor: site.com.es/sitemap-es.xml.  Para fechar, é só enviar os sitemaps para o Google Search Console e conferir o tráfego internacional.

A posição não é a mesma

Não é porque o seu conteúdo está bem posicionado entre os sites do Brasil pelo Google que utilizando a tag hreflang ele manterá a mesma posição entre as buscas em outros países. A tag ajuda na identificação do conteúdo, mas o posicionamento não é o mesmo.

Não corrige conteúdo duplicado

A tag hreflang não serve para eliminar conteúdo duplicado existente na internet. Por exemplo, se o site tem versões do texto para português de Portugal e português do Brasil, as duas continuarão aparecendo nas buscas. A data de publicação será um dos fatores para determinar a ordem. Nestes casos a canonical tag é mais indicada.